Arquivo da tag: Natureza

O Silencioso e o Furioso

  A amizade dava o que falá A serpente e o tigre iam pra lá e pra cá, E mesmo com o buchicho que corria aqui e acolá, Sua amizade, nada deixavam abalá O tigre de bobo nada tinha Conhecia … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Verso | Marcado com , , | Deixe um comentário

O banho

Gato que é gato não toma banho Toma ‘banho de gato’. Mas se o gato não toma banho, Como é o banho do gato? O gato ensaboado Da água se esgueirou. E com olhar desconfiado, Ao redor da pia, caminhou. … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Verso | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Mãe e Filha

A Boxer sorriu faceira E tomou a dianteira. Lá, ao lado da porteira, Avistara a nova companheira. Abanando o rabo pintado, a Basset Hound se anunciara A quem interessara. Afinal, chegara A versão canina da Mégara. A jovem orgulhosa ficara, … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Verso | Marcado com , , | Deixe um comentário

Alma Escoteira

Coruja, Tigre e Zebra a patrulhar Ali a curtição era formar, alinhar, Apresentar e o grito da Patrulha anunciar Antes dos jogos porem-se a participar Primeiro, teriam que um rio atravessar A distância estimar para Bambu cortar A ponte arquitetar, … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Verso | Marcado com , | Deixe um comentário

“Cães e Gatos”

Por Adrianna Ribeiro Cães e gatos Inatos inimigos natos Perseguem, instigam, fuçam, provocam A paciência do outro lado, até que a paz tenha ido pro saco. Do sofá, observo calada As sutis diferenças entre os inimigos com a alma apertada … Continuar lendo

Publicado em Observador, Poesia | Marcado com | 1 Comentário

“As Estações”

Por Adrianba Ribeiro Mais um ano, e as estações vem e vão Outono, Inverno, Primavera e Verão Cada uma do seu jeito, sempre aclimatizarão Mas nenhuma é tão bela quanto a efêmera primavera Com sua floral sutileza Inerte em leveza … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto | Marcado com | Deixe um comentário