Arquivo da categoria: Soneto

Ar do Sertão

Adoro viajar E visitar cada lugar Diferente no ar No sentir e no estar Queria emoção E foi então Que vi a expedição Para um tal de Jalapão Um safári pelo sertão afora Para observar a fauna e a flora … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Poesia do “é”

por Drika Yar – Sacoé? – Não, Mané! – Pois é! Você tem chulé! – Inté! – Já vai? Tu é bem Zé? – Depois não reclama se tu tomar um pé… – Falei sério sobre o chulé. – Tô … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

O Rio-Baía de Janeiro

por Drika Yar O paulista não sabia De onde o nome surgira Da Cidade Maravilhosa De gente linda e formosa Diz a lenda Que a cidade, foi avistada de forma lenta, Pela nau de um português, Que desta terra virou … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | 1 Comentário

Carnaval

por Drika Yar ‘Carna vale’ virou Carnaval Começou como um festival O adeus-à-carne virou uma festança Com bebida em abundância e dança, muita dança! Mas o carnaval evoluiu para o mal Tornando-se quase um bacanal O vinho deu lugar à cerveja … Continuar lendo

Publicado em Soneto, Verso | Deixe um comentário

A fauna engana

Na savana africana É o leão que tem fama Mas é a hiena que a todos engana Como seu riso falso e sorriso sacana Não caça Não rala Só fala E enfia a faca Quando a leoa tomba a caça … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

O Urubu e o Boi

“O mal do urubu é pensar que o boi está morto” Dizia meu pai, todo orgulhoso Estufando o peito pomposo Enquanto a ele direcionávamos um olhar curioso   Quando menos se esperou O boi no urubu a pata bateu. E … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Bigodinho

O passarinho era pequenininho Desprovido de penugem, assim, peladinho Caiu do ninho E numa arapuca se viu sozinho. Ele sentiu um arrepiozinho pois ‘tava friozinho, Mas um sorriso meiguinho Da menina que ganhou o passarinho Aqueceu seu coraçãozinho O tempo … Continuar lendo

Publicado em Soneto, Verso | Deixe um comentário

Que exemplo?

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço! Se fizer, vai ficar só o bagaço! Apesar de espertaço, Você não é o Homem-de-Aço! Ainda que tenhas dúvidas me ouça! Antes isso, que ficar na onça! Tudo bem … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

A Alma das Pedras

– Tive um sonho contigo. Confidenciou-me um amigo Sua tez adquirira um tom verde-índigo Que me lembrava perigo. – Meus olhos perdiam de vista, a grama que a terra cobria. Uma vista de romance, sofrimento e discórdia, Mas imersa em agonizante … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Mãe-drinha

Sou madrinha Um tipo de mãezinha Da minha irmãzinha E também da sua filhinha Dei papinha Troquei fraldinha Ensinei a brincar com as bonequinhas E nanei ela uma noite inteirinha. Nunca a deixei sozinha. Preocupada ficava se estava quietinha Pois … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário