Arquivo da categoria: Soneto

Cura, Coração! Cura!

Versão em Áudio: Cura Coração! Cura! Drika Yar Em Arraial d’Ajuda Todos os amores têm cura Nem precisa pedir ajuda De Nossa Senhora da Cura. Na matriz no alto da colina Espiava na ponta dos pés a menina As fitas … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Bom dia, Café!

Versão em Áudio: Bom dia, Café! Drika Yar O café nosso de todo dia Nos acorda com alegria E traz à monotonia O sabor de pura magia. A cada gole tomado Percebe-se a textura do grão torrado Delicadamente selecionado Casualmente … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Fauna Estranha

Versão em Áudio: Fauna Estranha Drika Yar Nunca vi a jiripoca piar, O sábio sabiá, Ou a suçuarana serpentear Entre o pau-brasil e o jequitibá. O bicho-de-sete cabeças se cocar O espírito-de-porco se alimentar Vaca driblar Ou minhoca pensar Lobo … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

A destruição das Fadas

Versão em Áudio: A destruição das Fadas                                              Drika Yar Qual a graça de um conto de fadas que não tem fada? E, como se isso não fosse nada, Não cabe na mão a quantidade de personagens afanadas Por contadores … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Floresta Mágica

Versão Áudio: Floresta Mágica Drika Yar Magia é mágica Elétrica Contagiantemente etérea Ou seria exotérica? Na mata calada Cada elemento tem sua fada Todas aladas E pela protetora da floresta abençoadas Sereias e Nereidas pelas Fadas da Água foram treinadas … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Papel-jornal

Papel higiênico é legal Sabia que ele substituiu o jornal? Até na casa paroquial E no botequim do Herval. Folha simples ou folha dupla Todo mundo usa sem culpa Afinal ele é tão funcional Que para seu uso não existe … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Ah! É do Egito!

Brasil guerra não curte não Talvez seja por isso que o mosquitão Tenha se mudado pra cá Sonhando em nosso sangue se banhá(r) O danado do alado de nome egípcio Apesar de efêmero Parece estar sempre no cio Pica tanto … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Burgundy

No arco-íris todas as cores são bem-vindas Exceto por uma que foi banida Esta cor bandida É chamada, por alguns, de maravilha Até seu nome gera controvérsia Grená parece chamado de gralha velha Vinho? Só ela estiver enrubescida. E cereja … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Ar do Sertão

Adoro viajar E visitar cada lugar Diferente no ar No sentir e no estar Queria emoção E foi então Que vi a expedição Para um tal de Jalapão Um safári pelo sertão afora Para observar a fauna e a flora … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Poesia do “é”

por Drika Yar – Sacoé? – Não, Mané! – Pois é! Você tem chulé! – Inté! – Já vai? Tu é bem Zé? – Depois não reclama se tu tomar um pé… – Falei sério sobre o chulé. – Tô … Continuar lendo

Publicado em Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário