Arquivo da categoria: Crônica

Litheratrupe na APVE em Setembro

Boa noite leitroopers! Convidamos todos a conhecer um pouco mais sobre os símbolos nacionais em uma exposição cheia de cultura e literatura. Esperamos por vocês! Litherabraços!

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

Engenheiros…

Engenheiros são seres mitológicos dotados de poderes mágicos que ultrapassam a percepçõa ordinária, pois sob seu olhar as leis da física de curvam!

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

O sonho

O sonho é ilusão Devaneios do coração Inquieta excitação Contida entre o bom senso e a razão A utopia é acreditar Que existe livre pensar E que não vão te julgar Se você ousar se expressar. Não que você deva … Continuar lendo

Publicado em Crônica | 3 Comentários

Reciclagem e Literatura

 O que reciclagem tem a ver com literatura? Talvez, devêssemos perguntar o que literatura tem a ver com reciclagem? Primeiro, que tal relembrarmos um detalhe bem interessante sobre reciclagem? Algumas pessoas não sabem mas reciclagem está ligada a um conceito conhecido … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

Pensamento…

Angústia é se sentir inferior diante do desconhecido.

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

Back to the Present!

Gente, Sei que nos últimos meses meu blog esteve meio que ‘paradinho’.  Não pensem que minha produção literária parou. Muito pelo contrário, escrevi bastante neste interstício. Porém, percebi que como todo texto que eu escrevia era direcionado para o BLOG, eu não … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

I Festival de Poesia de Lisboa

Agora é esperar pela chegada do livro! Quanta ansiedade!

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

Ah, moleque!

Você é… Encrenqueiro, Zoeiro, E bagunceiro! Mas também é… Honrado, Estimado, E amado! Sem falar no… Trabalhador esforçado E pai dedicado! E sempre que uma foto sua vejo, Sinto saudades do meu irmão amado, Que, por todos, é tão admirado!

Publicado em Crônica | 2 Comentários

Rei Urso

Na história, um Rei este nome escreveu Mas a brilhar no Céu Está a Ursa que lhe rendeu A origem do nome teu. Há dúvidas de como este nome nasceu Art-Uther um dia se escreveu Pois em Avalon um jovem … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

Roda do Ano: Parte IV – Inverno

Roda do Ano Parte IV – Inverno Quanto a Terra inverna, A temperatura se altera O urso hiberna E a dinâmica da natureza se alterna A neblina desce A garoa se espessa A geada aparece E o céu cinza espanta … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Deixe um comentário