Arquivo da categoria: Livro

“Um Natal como no comercial de margarina”

Drika Yar Hoje é Natal! Mas este será o meu primeiro Natal nesta casa. Sabe, eu nunca imaginei que minha vida fosse mudar tanto neste último ano. Ganhei uma casa nova, e com ela, uma cama nova, muito carinho e … Continuar lendo

Publicado em Conto, Livro, Prosa, Sci-Fi | Marcado com , , , | Deixe um comentário

“O primeiro Cavaleiro”

Drika Yar A Terra Santa era, acima de tudo, inóspita. Karīm Ibn Maħmūd al-Azīz, o líder dos infiéis, cuspiu sobre seu rosto com desdém. O infiel esbravejou algo ininteligível, depois lhe disse um latim rudimentar que aquilo era só o início. … Continuar lendo

Publicado em Conto, Fantasia, Livro, Prosa | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

“A Guardiã”

Drika Yar Natureza era algo que não faltava a sua volta. Os veículos ficaram estacionados ao lado de uma cachoeira, enquanto o grupo formado por doze membros da irmandade e três convidados, se embrenhava pela mata. Após alguns minutos de … Continuar lendo

Publicado em Conto, Fantasia, Livro, Prosa | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Engenharia Sexual

Drika Yar Não há cunho sexual Na engenharia ambiental Enquanto a mecânica convencional Se diverte com a terminologia pseudomoral Tratamentos térmicos e superficiais Tolerâncias geométricas e dimensionais Estados Principais de Tensão… Eixo principal de translação. Peças macho e fêmea têm … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Livro, Poesia, Verso | Marcado com | Deixe um comentário

“Justiça ou Vingança?”

Drika Yar Aquele físico é que estava certo quando elaborou a teoria de relatividade. Sabe, tudo é relativo… ao ponto de vista de cada observador. Tempo. Espaço. Amor. Justiça. Vingança. Aliás, qual a diferença entre justiça e vingança? O culpado … Continuar lendo

Publicado em Conto, Distopia, Sci-Fi | Marcado com , , | Deixe um comentário

Rótulos

Já fui chamada de tudo na vida Se me esmero no trabalho, perfeccionista Se converso com os amigos, vadia Se banco a advogada do diabo, pessimista. Se conto piada, divertida Se dou risada, extrovertida Se fico afastada, introvertida Quando pergunto … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Assunção de Função Animal

Na floresta, cada animal tem sua função! O Rei é o leão. Seu senescal é o Gavião. E, o bobo da corte é o Pavão. A hiena é esperta, Ligeira, Companheira da escuridão, Invejosa como um cão. Já o cachorro … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Cura, Coração! Cura!

Versão em Áudio: Cura Coração! Cura! Drika Yar Em Arraial d’Ajuda Todos os amores têm cura Nem precisa pedir ajuda De Nossa Senhora da Cura. Na matriz no alto da colina Espiava na ponta dos pés a menina As fitas … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Bom dia, Café!

Versão em Áudio: Bom dia, Café! Drika Yar O café nosso de todo dia Nos acorda com alegria E traz à monotonia O sabor de pura magia. A cada gole tomado Percebe-se a textura do grão torrado Delicadamente selecionado Casualmente … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário

Fauna Estranha

Versão em Áudio: Fauna Estranha Drika Yar Nunca vi a jiripoca piar, O sábio sabiá, Ou a suçuarana serpentear Entre o pau-brasil e o jequitibá. O bicho-de-sete cabeças se cocar O espírito-de-porco se alimentar Vaca driblar Ou minhoca pensar Lobo … Continuar lendo

Publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso | Deixe um comentário