Rótulos

Já fui chamada de tudo na vida
Se me esmero no trabalho, perfeccionista
Se converso com os amigos, vadia
Se banco a advogada do diabo, pessimista.

Se conto piada, divertida
Se dou risada, extrovertida
Se fico afastada, introvertida
Quando pergunto se posso ajudar, intrometida.

Se tomo um chope, estou chapada.
Se engordo, estou inchada.
Se emagreço, estou chupada.

Mas, no espelho, ao final do dia,
Vejo uma pirada, divertida e engraçada
Que não liga pra nada!


Rótulos - Drika Yar

Áudio:

 

Sobre Drika Yar

A autora nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1971. Curiosa e questionadora, sempre buscou formas diferentes de olhar para as coisas a sua volta, talvez, daí tenha surgido o interesse pela área de exatas. Seu gosto pela leitura e, posteriormente, pela escrita aflorou ainda na adolescência em meio sua fascinação por ficção científica, bem como, pelos contos e lendas das Eras Antiga e Medieval.
Esse post foi publicado em Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Soneto, Verso. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s