Frutas da Estação

Minha mãe gosta de ugunzá
Eu adoro cajá
Há, quem no lugar de pão com ovo,
Prefira um melão delicioso

A morena, com ginga no mambo,
Só tem olhos pro jambo
Mas sempre acaba trepada
No pé de jabuticaba.

Azeda é a carambola
Mas seu doce estrelado
Não é melado
Ora bolas!

Doce é a acerola
Mas foi pro suco de graviola
Misturado com granola
Que fizeram canção pra vitrola.

A pitomba,
Quem curte é a pomba!
E a uva?
Melhor não falar da viúva!

Sobre Drika Yar

A autora nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1971. Curiosa e questionadora, sempre buscou formas diferentes de olhar para as coisas a sua volta, talvez, daí tenha surgido o interesse pela área de exatas. Seu gosto pela leitura e, posteriormente, pela escrita aflorou ainda na adolescência em meio sua fascinação por ficção científica, bem como, pelos contos e lendas das Eras Antiga e Medieval.
Esse post foi publicado em Crônica, Fala sério! Mais poesias?, Poesia, Verso. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s