Espaço

O espaço, o homem conquistou
Quando na lua audaciosamente andou,
Sobre seu solo caminhou,
E sua bandeira ali cravou.

O macacão o astronauta não guardou.
– A Lua já passou.
Aposentado não estou!
Agora, é pra Marte que vou!

Da mulher se despediu,
E com o filho riu.
E sem olhar para trás partiu.

– Sei que vou!
Cabe a Deus dizer quando minha hora chegou
Nesta odisseia astronáutica que o homem criou!

Sobre Drika Yar

A autora nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1971. Curiosa e questionadora, sempre buscou formas diferentes de olhar para as coisas a sua volta, talvez, daí tenha surgido o interesse pela área de exatas. Seu gosto pela leitura e, posteriormente, pela escrita aflorou ainda na adolescência em meio sua fascinação por ficção científica, bem como, pelos contos e lendas das Eras Antiga e Medieval.
Esse post foi publicado em Crônica, Poesia, Sci-Fi, Verso. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s